Um dos criadores do “New Journalism”, Tom Wolfe morre aos 88 anos

O escritor e jornalista norte-americano Tom Wolfe morreu aos 88 anos nesta segunda-feira, 14, em um hospital de Nova York, de acordo com a reportagem do jornal The Guardian. A agente de Wolfe, Lynn Nesbit, informou que ele estava internado por causa de uma infecção.

Nascido em Richmond, o jornalista se radicou em Nova York a partir de 1962, onde passou a trabalhar no The New York Herald Tribune, apesar de ter graduado em um cruso de direito. Antes, já havia colaborado com o Springfield Union e o Washington Post.

Wolfe foi um dos expoentes e considerado um dos criadores da escola de jornalismo literário que ficou conhecida como “New Journalism” e escreveu livros como “Fogueira das Vaidades” e “Radical Chique”. O último título lançado no Brasil foi “O Reino da Fala”, em 2016, publicado pela editora Rocco.

Com informações do Portal Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here