‘Querem matar nossos sonhos’, diz Elza Soares após prisão de Lula

Cantora comentou situação política do país durante apresentação em Buenos Aires

Elza Soares fez um discurso inflamado durante o show que apresentou em Buenos Aires na noite deste domingo (8). “Querem matar nossos sonhos”, alarmou a cantora, um dia após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“No meu país, vivemos um triste momento político-social. Querem matar os nossos sonhos, prender nossas liberdades, não irão conseguir”, disse, sendo aplaudida pelo público. “Lutarei por ele, por nós, viva a democracia! Viva a democracia!”

O discurso desencadeou pedidos de “Lula livre” por parte do público que estava no auditório da Usina del Arte. Registros do momento viralizaram nas redes sociais.

A cantora apresentava o show “A Voz e a Máquina”, no qual, acompanhada de uma dupla de DJs e de um guitarrista, retoma sucessos de diferentes fases da carreira e faz releituras de canções, como de “Cálice”, de Chico Buarque.

O repertório também inclui faixas de “A Mulher do Fim do Mundo”, álbum de 2015 com o qual a cantora levanta bandeiras das mulheres e dos movimentos negro e LGBT. No show deste domingo, frases contra preconceito foram projetadas no telão.

Em maio, a cantora deve lançar seu novo álbum, “Deus É Mulher”, sublinhando ainda mais a pauta feminista.

Com informações da Folhapress.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here