Acusado de tentar matar ex-prefeito de município em RR é preso em Manacapuru

acusado

Um foragido da Justiça de Roraima, de 44 anos, foi preso no interior do Amazonas acusado de tentar matar um ex-prefeito do município de Caroebe, em RR. Ele ainda é investigado pela morte de outro homem, na mesma cidade.

A prisão ocorreu na terça-feira (19), em Manaucapuru, a 68 km de Manaus, durante uma ação conjunta da Polícia Civil do Amazonas com a Divisão de Inteligência e Capturas (Dicap), do estado de Roraima.

A polícia encontrou o homem em uma igreja evangélica situada na rua Parintins, bairro União, onde ele se passava por pastor evangélico. Ele foi apresentado durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (20).

A tentativa de homicídio contra o ex-prefeito ocorreu no dia 11 de fevereiro de 2008, na casa da vítima. Na ocasião, o homem, acompanhado de outro indivíduo, invadiu o local e atirou na vítima, que conseguiu desviar.

Na época da tentativa de homicídio, ele foi preso e depois passou a responder pelo crime em liberdade. Em 2010, o infrator cometeu um homicídio, que teve como vítima um funcionário da Companhia Energética de Roraima (CER). O delito também aconteceu em Caroabe.

“Durante as investigações em torno do homicídio, verificamos que a arma de fogo utilizada para alvejar a vítima pertencia ao homem. Nesse processo ele ainda não foi condenado”, relatou o chefe da Dicap, sargento da Polícia Militar Roney Cruz.

Após o crime, o homem fugiu para o Amazonas, onde percorreu os municípios de Humaitá, Apuí, Novo Aripuanã, Lábrea e Tapauá, até se estabelecer em Manacapuru, onde montou uma igreja e se passava por pastor.

Os mandados de prisão preventiva pela tentativa de homicídio e pelo homicídio cometidos pelo homem foram expedidos, respectivamente, em 2008 e 2010, pela Comarca de São Luiz do Anauá.

Após os procedimentos cabíveis na Dlegacia de Roubos Furtos e Defraudações (Derfd), ele será conduzido a Boa Vista, capital de Roraima, onde irá cumprir pena na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC).

Com informações do g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here