Programa eleitoral terá 20 minutos ao dia

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu que os programas de propaganda eleitoral no segundo turno das eleições terão duração de dez minutos ao meio-dia e 19h30 de segunda a sábado, sendo cinco minutos para cada candidato. A informação é do secretário judiciário do TRE, Waldiney Siqueira.

O mesmo tempo, de dez minutos, será para os programas direcionados para o rádio e serão veiculados às 7h30 e às 11h30.
“Será mantido o que está na resolução do TRE. Além dos programas haverá as inserções de até 30 segundos durante a programação, sendo 50 minutos por dia, 25 minutos para cada candidato, todos os dias da semana. O programa eleitoral inicia no próximo sábado. Tudo isto já estava previsto na resolução”, explicou Siqueira.

A decisão foi tomada, na tarde de ontem, pelo presidente do TRE, desembargador Yedo Simões. Na terça-feira, houve uma reunião no Tribunal entre as coligações que disputam o segundo turno na eleição suplementar no Amazonas, mas, por não terem chegado a um consenso, a decisão sobre a propaganda eleitoral ficou a cargo do TRE.

De acordo como secretário judiciário, o Sindicato das Empresas de Radiodifusão, TV e Rádio do Estado do Amazonas (Sinderpam) apresentou proposta de reduzir o tempo de propaganda das inserções. “O Sinderpam alegou que as emissoras têm que veicular propaganda dos clientes deles, que são pagas e devem evitar prejuízo. O que eu sei é que a proposta apresentada pelo sindicato não foi aceita pelas coligações. Não é o TRE que decide, porque já está na resolução, se houver acordo entre as partes, o tempo de propaganda pode ser reduzido, mas, como não houve acordo, permanece o que está na resolução”, explicou.

Custo

O segundo turno das eleições terá custo de R$ 9 milhões, segundo informou, ontem, o diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE), Messias Andrade, durante entrevista coletiva à imprensa concedida. Somado ao custo do primeiro turno, o orçamento dessas eleições governamentais é de R$ 23 milhões. O primeiro turno custou R$ 13 milhões.

Entre os serviços que incluem o orçamento, estão o transporte das urnas eleitorais, tropas de policiais militares e técnicos do TRE para transmissão das informações computadas nas urnas eleitorais em funcionamento no interior do Estado. O Tribunal informou que a posse do governador eleito deve ocorrer até o dia 6 de outubro deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here